All posts by CService

Embraer entra no mercado de carros voadores com a Eve, sua nova empresa

By | Releases | No Comments

A Embraer lançou uma nova empresa, a Eve Urban Air Mobility Solutions, focada no desenvolvimento de soluções de mobilidade aérea urbana. A Eve foi incubada por quase quatro anos na EmbraerX, a aceleradora de projetos da empresa e sediada na Flórida.

A Eve atuará como uma companhia independente, mas será presidida por André Stein, que idealizou a aceleradora EmbraerX.

Além disso, a nova empresa trabalha em projetos que envolvem diretamente a Embraer, como o desenvolvimento e a homologação de um veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (eVTOL) – o popular carro voador que parece cada vez mais próximo.

UberAir

O conceito do carro voador foi apresentado em novembro pela EmbraerX, durante o Uber Elevate Summit 2019. O protótipo apresentado espaço para o piloto e mais quatro passageiros. Vale ressaltar que a Uber já revelou que tem planos futuros de criar carros voadores autônomos, tornando o serviço mais rentável.

Fonte:

Money Times;
Brasil Agro;

Brasil terá nanossatélite para conectar áreas remotas do País

By | Releases | No Comments

Um nanosatélite está sendo construído no laboratório da Universidade de Brasília e entrará em órbita até o fim do próximo ano para conectar áreas remotas do País. O Alfa Crux 1 permitirá a transmissão de dados e voz em áreas que hoje não são atendidas no País.

O Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE), uma organização de alcance global que atua na busca por soluções tecnológicas em áreas de difícil acesso é responsável pelo projeto e busca utilizar o nanosatélite para resolver problemas de comunicação nessas regiões.

“Ele vai cobrir áreas como a Amazônia, por exemplo. Por lá é muito difícil implantar soluções terrestres, e às vezes não tem nem sentido mesmo, devido aos altos custos envolvidos”, cita Borges, membro do Instituto.

Quando ficar pronto (previsto para o fim de 2021) o Alfa Crux 1 irá pegar carona num foguete e será lançado a 500 quilômetros de altitude. O satélite tem previsão de ficar em órbita por dois anos, período em que terá como missão transmitir dados.

“As características técnicas desse sinal permite contornar obstáculos, penetrar em regiões mais densas e sofrer menos interferências nas regiões mais úmidas, como na floresta amazônica, onde você tem um ‘rio sobrevoando’ a floresta”, exemplifica o pesquisador.

Fonte:

Uol;

‘Clique e Retire’ dos Correios Chega a Todas as Agências do País

By | Releases | No Comments

O serviço ‘Clique e Retire’ dos Correios passará a ser disponibilizado em todas as agências e não precisará de validação da loja para oferecer a modalidade. As entregas utilizarão um código postal para o recebimento dos objetos.

A novidade atende clientes que regularmente não estão no endereço residencial durante o horário comercial. Fazem parte da iniciativa todas as 6,7 mil agências de Correios, embora as retiradas precisem ser feitas dentro do horário de funcionamento de cada uma delas.

Não há custo adicional para o cliente, enquanto os sites e lojas online não precisarão mais, necessariamente, integrar o sistema ‘Correios WebServices’. Logo depois de informar o CEP exclusivo da agência que quer fazer a retirada das compras, basta aguardar o SMS informando que a encomenda foi entregue ao local.

Outros serviços de entrega

“A funcionalidade está disponível para os serviços Sedex e PAC, sem custo adicional e é a opção perfeita para aqueles clientes que não podem receber encomendas no seu endereço residencial”, informa a estatal em comunicado.

Entre outros serviços disponíveis para entregas, os clientes podem optar pela ‘Entrega no Vizinho’, por exemplo. Ela permite que o recebimento dos pacotes seja feito por outras pessoas, desde que seu nome também esteja descrito na etiqueta.

Há também a ‘Caixa de Correio Inteligente’. Disponível em mais de 300 cidades, ela funciona para condomínios residenciais que não possuem portaria. É basicamente um armário seguro para que os moradores recebam suas encomendas, ainda que estejam fora do local.

Fonte:

OlharDigital;

Instagram completa 10 anos e anuncia atualizações de aniversário

By | Releases | No Comments

O Instagram comemorou nesta terça-feira (6) seu aniversário de 10 anos. O app que fez sucesso pelos filtros para editar fotos, hoje é uma das principais redes sociais do mundo e traz inovações para celebrar a data com os usuários.

Anunciado na no dia 5, o Instagram Shop, recurso que permite fazer compras pelos vídeos do IGTV, faz parte das novidades de aniversário e começará a ser testado no Reels até o fim do ano.

Mapa de Stories

O Instagram criou um mapa privado, com um calendário de stories postados nos últimos três anos. A função deixa ver as datas em que tiveram postagens e onde elas foram feitas. Será possível baixar, compartilhar e até salvar as histórias nos Destaques.

Mudar ícone do Instagram

Para relembrar os velhos tempos, além de poder ver uma linha do tempo com os principais marcos da rede social, outra novidade é a possibilidade de mudar o ícone do Instagram para versões antigas do app. A novidade pode agradar os mais nostálgicos ou aqueles que querem deixar o ícone do app combinando com o seu celular.

Atualizações de bem-estar

Para reduzir as interações negativas no Instagram, a plataforma vem investindo em novos recursos para tornar a experiência no app mais positiva, como restringir comentários de um usuário. Agora, o Instagram vai ocultar automaticamente mensagens ofensivas, com base em conteúdos denunciados anteriormente.

Fonte:

TechTudo;

Roupas anti-coronavírus ganham o primeiro desfile

By | Releases | No Comments

Em São Paulo, na noite do dia 1 de outubro, ocorreu o primeiro desfile de roupas com acabamentos antivirais. A indústria têxtil Vicunha convidou 13 estilistas para montar roupas com o novo tecido V.Protective que possui uma camada de nitrato de prata que age como um antiviral.

Nomes consagrados, de Alexandre Herchcovitch (À La Garçonne) a Raquel Davidowicz (UMA),fizeram o evento com peças desenhadas por jovens como Isaac Silva, Igor Dadona e Rafael Nascimento (Another Place). Essas roupas vão servir de mostruário para apresentar à indústria nacional como é possível costurar na prática essas novas tecnologias têxteis.

A depender dos designers dessa ala autoral da criação brasileira, o mercado terá roupas mais funcionais, utilitárias, com um viés esportivo e sem gênero aparente. 

No Brasil, além das pequenas marcas que desfilaram, entre seus clientes estão todas as varejistas de moda, da Renner à Marisa, grifes como Osklen, Reserva, Calvin Klein e Aramis, e os grupos Soma (Animale e Foxton), Restoque (Le Lis Blanc e Bobstore), Ibrands (Ellus e VR) e AMC (Colcci).

É possível, então, que até o final deste ano mais coleções com essa proteção adicional contra o novo coronavírus encham as araras do país. A Another Place, grife jovem com foco no mercado on-line, colocou nesta sexta-feira opções dentro do segmento antiviral em sua plataforma.

Fonte:

Exame;

Amazon One

Amazon testa pagamento com palma da mão em lojas físicas

By | Releases | No Comments

A Amazon começou a testar uma nova tecnologia de pagamento sem contato em suas lojas de conveniência da linha Go nos Estados Unidos. Em algumas unidades de Seattle, os consumidores agora podem pagar pelas compras utilizando apenas a palma da mão.

O objetivo da novidade é garantir a agilidade na hora de realizar pagamentos seguindo a tendência do cashless, pagamentos que não usam dinheiro. Além disso, todo o procedimento ocorre sem contato entre o usuário e a plataforma de leitura.

Como funciona o Amazon One

O uso começa com um cadastro que pode ser feito nas lojas da Amazon. Segundo a companhia, a criação de um ID do Amazon One demora poucos minutos, e o usuário pode registrar as duas mãos para usar a função. 

A empresa resolveu deixar as digitais de lado e apostar na mão inteira por causa da quantidade extra de características únicas no cadastro, o que garante mais segurança para o usuário. “Até mesmo gêmeos idênticos têm muitas diferenças na estrutura da palma”, explicou Dilip Kumar, vice-presidente de varejo da Amazon.

A tecnologia está disponível em duas lojas de conveniência da Amazon atualmente, e a companhia pretende expandir o Amazon One para mais de 20 estabelecimentos da linha Go durante os testes.

Fonte:

TecMundo;

painel solar

Johnson & Johnson Inaugura Primeira Fazenda Solar no Brasil

By | Releases | No Comments

A Johnson & Johnson, junto da EDP, inaugurou sua primeira fazenda solar na América do Sul, localizada em São José dos Campos, no interior de São Paulo. O empreendimento pode gerar energia suficiente para abastecer 1.000 residências e foi executado pela EDP.

O projeto conta com 3.240 módulos fotovoltaicos, em uma área de 6.000 metros quadrados. A energia limpa gerada na estrutura vai evitar a emissão de 215 toneladas de CO2 na atmosfera, volume que demandaria o plantio de 600 novas árvores por ano para ser neutralizado.

A usina foi construída pela EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da portuguesa EDP. Desde 2017, a empresa negociou 58,9 MWp em projetos de energia solar — 28,1 MWp já instalados e 30,8 MWp em desenvolvimento.

A expectativa da EDP é encerrar 2020 com 33 MWp instalados e, nos próximos três anos, triplicar os investimentos em energia solar, para 300 milhões de reais anuais.

Ele salienta que a relação entre a EDP e a Johnson & Johnson é de longa data, uma vez que o complexo fabril do interior de São Paulo fica na área atendida pela EDP (ex-Bandeirante Energia). “É uma parceria que tem dado muito certo.”

Limpeza da matriz

Atualmente, a EDP tem 60 MWp de investimentos na área de geração fotovoltaica no Brasil. “Nossa ambição é ampliar cada vez mais esse volume”, afirma o executivo da companhia.

Segundo Andrade, até o final da década a EDP terá 100% da sua geração proveniente de fontes renováveis. Dois fatores contribuem para a competitividade do Brasil no segmento de geração fotovoltaica: irradiação solar em larga escala e abundância de terrenos. 

Paralelamente a projetos de geração de energia renovável, a EDP está instalando 30 postos de recarregamento de automóveis elétricos da modalidade ultra rápida no estado de São Paulo, em uma iniciativa para reforçar o posicionamento da empresa e ajudar na expansão dos carros elétricos.

Fonte:

Exame;

USP concluiu o maior sequenciamento genético da população brasileira

By | Releases | No Comments

Cientistas da USP finalizaram o maior banco de dados genéticos da população brasileira, com o sequenciamento do genoma completo de 1.171 idosos. Na amostra, foram encontrados 2 milhões de variações genéticas inéditas.

Os mais de mil genomas completos, já disponíveis em plataforma aberta on-line, devem facilitar o diagnóstico de doenças raras por meio de testes genéticos.

Os cientistas brasileiros compararam seus resultados com dois dos maiores bancos de dados genômicos do mundo (gnomAD e dbSNP). Juntos, eles possuem mais de 700 milhões de variantes catalogadas.

Prevalência de doenças

No estudo da USP, os pesquisadores analisaram 400 variantes catalogadas em bancos genômicos internacionais como patogênicas. Ao verificarem a condição clínica dos idosos que tiveram o sequenciamento realizado, os cientistas observaram que 37% dessas variações não estavam relacionadas a doenças no grupo brasileiro e reclassificaram essas variantes como não patogênicas.

Ela ressaltou que pesquisas de sequenciamento genético são caras e manifestou apreensão quanto ao projeto de lei enviado pelo governo estadual à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) que prevê corte de verbas de instituições que financiam pesquisas, como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), uma das principais apoiadoras do projeto. “Se cortarem os recursos, estudos como o nosso podem ser interrompidos. Cada sequenciamento custa U$ 1 mil dólares, fora a análise, computadores. Se não tivéssemos esse apoio financeiro, não teríamos finalizado o estudo.”

Estudo avalia como genoma de idosos define risco de covid-19

O Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco da USP vai usar o genoma sequenciado dos idosos também para avaliar quais variantes genéticas estão relacionadas com quadros mais ou menos graves de covid-19.

Fonte:

Terra;

black-friday-rapaz

Black Friday de 2020 deve ser a maior de todos os tempos

By | Releases | No Comments

A Black Friday de 2020 deve ser a maior de todos os tempos, visto que os aplicativos de compras no Brasil cresceram 100% durante a pandemia, relativo ao crescimento de 84% do ano passado.

Segundo o estudo da empresa AppsFlyet, o motivo para esse aumento significativo é o fato de os brasileiros terem se acostumado a fazer compras online(aumento de 93% na instalação de apps de compras na América Latina), ao mesmo tempo em que marcas mais tradicionais tiveram de se digitalizar para não perder a clientela.

No Brasil a situação é ainda mais forte. Entre fevereiro e maio deste ano o download de apps via anúncios foi de 100% e, segundo a AppsFlyer, coloca o país como o maior mercado de aplicativos na América do Sul. Outro número que pode significar uma boa notícia para os varejistas é que a receita de aplicativos cresceu 125,44% entre março e junho deste ano.

Na Black Friday de 2019 as sessões de aplicativos de compras subiram 40%; número que foi ultrapassado somente entre abril e junho deste ano, chegando a 50%. O estudo indica que isso mostra a adaptação dos brasileiros a procurar cada vez mais produtos via aplicativos. A expectativa de crescimento do faturamento no evento deste ano, segundo a AppsFlyer, é de cerca de 20% em relação ao ano passado.

Os resultados de 2019 já foram bons, e somente nas primeiras sete horas de vendas da Black Friday no ano passado no e-commerce totalizaram R$ 362,1 milhões, segundo levantamento da Ebit/Nielsen. O número foi 69% superior ao mesmo período de 2018. O volume de pedidos nestas sete horas, segundo o levantamento, foi de 448 mil, variação de 61% frente ao mesmo período de 2018 (278 mil).

Fonte:

Exame;

Mulher na liderança

CEO do futuro precisa ter empatia e ser mais comunicativo

By | Releases | No Comments

A terceira apresentação do workshop virtual da Exame com a  Money Report debateu as habilidades do CEO do futuro. Na conversa, transmitida pelo YouTube, CEOs de grandes empresas do Brasil, como Artur Grynbaum (Boticário), Paulo Kakinoff (Gol), Tânia Cosentino (Microsoft Brasil), além dos debatedores Paulo Castro (Sovos) e Marco Lorena (Think).

Os executivos debateram as mudanças no ambiente de trabalho no home office. Para Marco Lorena, com o trabalho remoto e a comunicação virtual, que para ele foi fundamental, houve uma aproximação das áreas.

Paulo Castro, da Sovos, esteve em linha com o discurso de que a comunicação é fundamental, mas não descarta que a pandemia gerou um momento atípico e que é importante manter a produtividade até janeiro. “Isso está sendo endereçado com cada vez mais proximidade com os clientes, para entender as necessidades de cada um”, afirma.

Na Microsoft brasileira, Tania Cosentino lembrou da zoom fatigue, um cansaço adicional causado pelo home office. “As pessoas estão trabalhando muito mais e estão cansadas”, afirma. A Microsoft implementou práticas para tentar amenizar isso, como eventos virtuais para lazer e até uma criação de uma licença remunerada de até 12 semanas.

O caso do Boticário é diferente outras empresas porque precisou lidar com o fechamento das lojas físicas durante a pandemia. “Era preciso pensar em como ganhar dinheiro mesmo com as lojas fechadas”, diz Artur Grynbaum. O e-commerce triplicou durante o período graças a uma estratégia com o uso de ferramentas virtuais, seja o WhatsApp ou uma loja virtual, para auxiliar as vendas.

O setor aéreo vive incerteza com a pandemia. Para combater isso, a Gol adotou uma plataforma de comunicação interna para prover o máximo de informações possível para os funcionários com a incerteza do mercado aéreo. “Precisávamos passar por esse deserto”, afirma Paulo Kakinoff, diretor executivo da Gol. “Estamos com mais água no cantil do que imaginávamos no começo, mesmo com a crise mais aguda do que pensávamos”

Fonte:

Exame;