Johnson & Johnson Inaugura Primeira Fazenda Solar no Brasil

By 29 de setembro de 2020 Releases No Comments
painel solar

A Johnson & Johnson, junto da EDP, inaugurou sua primeira fazenda solar na América do Sul, localizada em São José dos Campos, no interior de São Paulo. O empreendimento pode gerar energia suficiente para abastecer 1.000 residências e foi executado pela EDP.

O projeto conta com 3.240 módulos fotovoltaicos, em uma área de 6.000 metros quadrados. A energia limpa gerada na estrutura vai evitar a emissão de 215 toneladas de CO2 na atmosfera, volume que demandaria o plantio de 600 novas árvores por ano para ser neutralizado.

A usina foi construída pela EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da portuguesa EDP. Desde 2017, a empresa negociou 58,9 MWp em projetos de energia solar — 28,1 MWp já instalados e 30,8 MWp em desenvolvimento.

A expectativa da EDP é encerrar 2020 com 33 MWp instalados e, nos próximos três anos, triplicar os investimentos em energia solar, para 300 milhões de reais anuais.

Ele salienta que a relação entre a EDP e a Johnson & Johnson é de longa data, uma vez que o complexo fabril do interior de São Paulo fica na área atendida pela EDP (ex-Bandeirante Energia). “É uma parceria que tem dado muito certo.”

Limpeza da matriz

Atualmente, a EDP tem 60 MWp de investimentos na área de geração fotovoltaica no Brasil. “Nossa ambição é ampliar cada vez mais esse volume”, afirma o executivo da companhia.

Segundo Andrade, até o final da década a EDP terá 100% da sua geração proveniente de fontes renováveis. Dois fatores contribuem para a competitividade do Brasil no segmento de geração fotovoltaica: irradiação solar em larga escala e abundância de terrenos. 

Paralelamente a projetos de geração de energia renovável, a EDP está instalando 30 postos de recarregamento de automóveis elétricos da modalidade ultra rápida no estado de São Paulo, em uma iniciativa para reforçar o posicionamento da empresa e ajudar na expansão dos carros elétricos.

Fonte:

Exame;

Leave a Reply