Youtube, Uma Grande Ferramenta Para Alavancar Sua Carreira.

By 10 de março de 2020 Releases No Comments
Youtube

Com a ajuda da plataforma de vídeos, cada vez mais profissionais crescem como influenciadores em suas áreas de trabalho.

Hoje em dia, com a internet, qualquer pessoa pode aprender de tudo um pouco, há profissionais que estão cada vez mais engajados na geração de conteúdo como forma de desburocratizar suas profissões para leigos e ainda conseguir de certa forma, uma remuneração por isso.

Você pode dar uma pesquisada rápida na plataforma para constatar a quantidade de atividade que parecem ser das mais complexas, como Investimentos, Processos Trabalhistas, vídeos para desburocratizar profissões, como direito e matemática, influenciadores ganham relevância e se projetam no mercado de trabalho.

Direito Para Leigos

Um exemplo disso é o advogado Pedro Saliba (28 anos) e sua mãe, também advogada, Gláucia Nasser, criaram juntos o canal “Posso Processar?”. O canal, focado em educação e conta com 56 mil inscritos, ensinando os conceitos básicos de direito para leigos. Temas como a Reforma da Previdência, proteção de dados e cobranças indevidas de bancos, são alguns dos temas que são abordados em seus vídeos.

“O direito é uma ciência social aplicada, tem vários formalismos, mas dá para explicar certas coisas para leigos e eles conseguem manejar seus conflitos de forma autônoma, evitando os trâmites do Judiciário”, explica Pedro.

Importante salientar, que Pedro não utiliza a plataforma para captar clientes, o que poderia ferir o código de ética da advocacia, mas sim, aposta na geração de conteúdo para ter mais relevância e credibilidade ao se apresentar fora das redes.

Ter um canal no YouTube pode ajudar a desenvolver a profissão, mas é preciso se organizar para tem um desempenho satisfatório, principalmente se você já possui um emprego. Até porque você pode expor a empresa desnecessariamente.

Amor à Matemática

Muitas pessoas concordam que a disciplina escolar menos apreciada é Matemática. Porém, uma matemática chamada Julia Jaccoud, de 26 anos, ensina em seu canal técnicas para passar no vestibular e com isso tenta desmitificar de que o assunto e a profissão são chatos.

Seu canal conta com mais de 79 mil inscritos, e no ano passado, Julia parou de dar aula para poder estudar e tentar uma veja em um mestrado.  O YouTube é hoje, sua principal fonte de renda.

“Produzir conteúdo foi uma porta de entrada para todos os trabalhos que eu fiz. As pessoas já sabiam como eu encarava a matemática e a educação de uma forma geral. Quando essas coisas se alinham, fica mais interessante o vínculo com as instituições. O canal funciona como um portfólio, algo que diz muito sobre mim.” diz Julia.

Ponte Para o Mercado de Trabalho

Outra história que destacamos é a da estudante de administração Nathália Rodrigues, de 21 anos, que em meio à rotina de graduação e estágio, encontra tempo para desenvolver sua carreira como produtora de conteúdo em seu canal Nath Finanças, que conta com 87 mil inscritos.

“Antes de começar, no ano passado, eu fiz uma pesquisa de mercado e vi que, embora muita gente fale de finanças no YouTube, eles não falam para a população que ganha pouco. Não ensinam os termos básicos de finanças e economia doméstica”, conta.

Foi através de um post no Twitter que fui encontrada pelo atual chefe da empresa da qual trabalha atualmente. “Eu postei no Twitter que trabalhava na área de logística e queria migrar para a financeira, e o meu atual chefe me mandou o processo seletivo. Meu emprego é flexível, eles sabem que, se eu tiver que trabalhar em outra cidade por causa do canal, eu posso ir”, diz.

Nath pretende seguir alinhando os estudos ao trabalho formal e a criação de seus conteúdos na plataforma de vídeos. “O canal me ajuda a fazer meu nome, as pessoas já me conhecem como Nath Finanças [apelido que ganhou no Twitter, marcas e grandes empresas me seguem e querem conhecer o meu trabalho, o que é muito bom para a minha carreira. Se eu for fazer um trainee em uma instituição da área financeira, as pessoas vão saber como eu sou”, destaca.

E você, Reconhece a Importância das Redes Sociais e o Que Está Sendo Dito Sobre a Sua Empresa?

Assim como o YouTube, as redes sociais passaram a ter um grande papel no processo de compra. Muitas pessoas expõem suas opiniões e preferências nas redes sociais, e é muito importante para a empresa acompanhar a percepção de seus consumidores sobre sua empresa.

O monitoramento das mídias sociais pode ser decisivo para antecipar, prevenir e gerenciar crises de imagem, acompanhar tendências, conhecer melhor seu público alvo, além de construir melhor as estratégias de marketing e comunicação. Ferramentas especializadas nesses serviços auxiliam no monitoramento eficiente, com a apresentação de gráficos e dashboards automáticos, contribuindo no processo de tomada de decisões.

Leave a Reply